domingo, outubro 23, 2011

1588. Lunch Time Blog



Um dia destes perguntava uma amiga minha no Facebook se alguém conhecia um método verdadeiramente eficaz de descascar cebola sem chorar. Eu não sou propriamente um chef mas se há hobbies que me satisfazem, um deles é o de me enfrentar com a bancada da cozinha. Não saem pratos gourmet, não há cozinha molecular nem mariquices supérfluas de empratamento mas, dizem os que comem, que saem dali petiscos de truz. Pois minhas queridas leitoras e meus queridos leitores eu passo um tormento indiscritível com a cebola. Passo não, passava. E não pensem que foi com as respostas que colocaram no Face ao pedido da minha amiga. Não foi porque na verdade não resultam, já que já as experimentei todas. Não resultam para mim, claro. Mas eu próprio, numa de momentânea inspiração sugeri que ela usasse óculos de natação. Então não é que hoje, experimentei a minha dica e tenho aqui os olhos limpinhos como se as cebolas não tivessem ácido? Temos é que depois deixar assentar um pouquinho a poeira. E pelo sim pelo não, lavar os óculos e as mãos em abundante água corrente.

PS. O meu gato Schubert não aprecia muito estes petiscos. Ele é mais ração da Royal Canin e latinhas da Gourmet. No entanto ao ver-me assim, de óculos de natação a cozinhar pediu-me para lhe comprar uns para ele. Diz que também quer parecer um extra-terrestre.

6 comentários:

Janita disse...

O que eu gostaria de ver essa cena, oh Pre!
As figurinhas que se fazem...por ignorância.
Experimente usar aquela coisa que dá pelo nome de 1-2-3, ou seja, a picadora.
Em vez de três, dá-lhe 1 e 1/2 e eis a cebolinha pronta para ir para o tacho.

Afinal o que se vai comer neste Lunch? Só vejo cebolinhas e boas por sinal. :))

Bom apetite e bom domingo!

beijos

Maria disse...

Só tu para me fazeres sorrir hoje, dia cinzento por fora e chovendo por dentro...
Bons petiscos!

Beijo.

AVOGI disse...

nem com óculos nem sem óculos até as congeladas me fazem chorar, as malvadas
kis :=)

Teté disse...

Eheheh, nunca experimentei. Mas vi recentemente num filme uma dica que nunca experimentei: morder um fósforo enquanto se corta a cebola! Essa vou experimentar, já que não tenho óculos de natação... :)))

Beijocas!

Ali Aló disse...

Eu tenho uma maneira infalivel de não chorar quando tenho de picar cebola.

É simples, na hora de picar a cebola chamo a Maria e ela pica.

Pronto depois tacho e nem uma lagrima.

Vítor Fernandes disse...

Ali Aló, isso é batota!